Projecto de Spielberg e Jackson contrata argumentista

Publié le par Zetantan

 
A trilogia de filmes do Tintim, que a DreamWorks criará através de computação gráfica empregando tecnologia de captura de movimentos, acaba de contratar um argumentista.
Steven Moffat, conhecido por escrever a nova encarnação da série de Doctor Who, é o encarregado de adaptar as aventuras de Tintin para o cinema. Não foi definido se Moffat assumirá apenas o primeiro ou todos os três filmes.
Certo está que Steven Spielberg dirigirá um filme e que Peter Jackson assumirá outro. O realizador do terceiro ainda será anunciado. Ambos produzem a trilogia da Dreamworks Animation, desenvolvida com tecnologia da neo-zelandesa WETA Digital de Jackson, casa de efeitos especiais da série O Senhor dos Anéis.
Os álbuns que serão adaptados para o cinema  ainda não foram divulgados. São 23 possíveis, publicados originalmente de 1929 a 1976. O projecto é um antigo desejo de Spielberg, que adquiriu os direitos pela primeira vez em 1983 e vem renovando-os desde então. O realizador e Jackson estão trabalhando juntos no projecto desde 2005.

Publié dans Cinema

Commenter cet article

Geraldes Lino 03/10/2007 14:04

No "post" indica o período de criação dos 23 álbuns de Tintin, como tendo sido de 1926 a 1976. Tomo a liberdade de corrigir: a primeira prancha de "Tintin aux pays des soviets" foi publicada em 1929.