Tintim e o cinema de animação - Os estúdios Belvision

Publié le par Zetantan

Andava eu na 4ª classe, nos inícios dos anos 70, e o meu professor, caso nos portássemos bem, permitia-nos ver os primeiros episódios do Tintin que passavam em Portugal. Todos os dias, aproveitando a televisão dos alunos da Telescola, poderíamos ver,  antes do Telejornal da uma da tarde, episódios de cinco minutos do nosso herói do Tintin, ainda a preto e branco, pois a cor ainda não tinha chegado aos ecrans portugueses. Era um verdadeira delícia para os nossos espíritos aventureiros!...
Apesar da Belvision ter produzido em 1956 dois filmes semi-animados («O Ceptro de Otookar» e «A Orelha Quebrada»), aqueles nostálgicos episódios dos anos sessenta seriam os primeiros verdadeiros filmes de animação a serem adaptados à televisão. Produzidos pela Belvision, coube a  Michel Regnier (o nosso conhecido Greg da BD) a escolha dos sete episódios a serem adaptados. Foram produzidos 104 episódios de cinco minutos com a adaptação do argumento também da responsabilidade de Greg. Os episódios escolhidos foram os seguintes:
  • Objectivo Lua/Explorando a Lua
  • O Caranguejo das Tenazes de Ouro
  • O Segredo do Licorne
  • O Tesouro de Rackham, o Vermelho
  • A Estrela Misteriosa
  • A Ilha Negra
  • O Caso Girassol

A realização dos episódios coube  a Jose Dutillilieu e a Charles Mostrar. Hergé não se entusiasmou com a produção destes filmes, mantendo-se à margem da sua realização.

Publié dans Cinema

Commenter cet article