Tintin em selos

Publié le par Zetantan



Do programa filatélico para 2007, recentemente divulgado pelos correios belgas (La Poste), merece realce a folha com 25 selos que assinalará o centenário do nascimento de Georges Rémi, aliás Hergé, o criador de Tintin.

A emitir a 22 de Maio, exactamente o dia em que aquele autor de banda desenhada nasceu, é composta por 24 estampilhas que reproduzem as capas de cada um dos álbuns com as aventuras que Tintin viveu, tendo a estampilha central o retrato e a assinatura do criador belga. As capas dos álbuns surgem em 24 línguas diferentes, começando no francês "Tintin au pays des sovietes" e terminando no holandês "Kuifje en de Alfa-Kunst"; pelo meio, entre grafias asiáticas, árabes e balcânicas, encontram-se capas em italiano, inglês, espanhol e português... do Brasil ("O ídolo roubado").

Como é normal nas emissões filatélicas da Bélgica, a banda desenhada marca presença em diversos outros selos, quer através dos mais famosos heróis dos quadradinhos belgas, homenageados anualmente na emissão "Philatelie de la jeunesse", que tem por objectivo atrair os mais jovens para o coleccionismo de selos,, este ano dedicada a Alix, de Jacques Martin, quer através de emissões desenhadas por autores de BD.

Em 2007, há a referir selos imaginados por Castor ("Croix-Rouge, em Fevereiro), Jijé, já falecido ("Europa/Tributo a Baden-Powell", Abril), François Schuiten ("Antarctique", Junho) ou Ever Meulen ("Fête du Timbre", Outubro).

Entretanto, também os correios franceses divulgaram já que Hergé será um dos seus destaques filatélicos em 2007, com uma emissão composta por seis selos que reproduzirão as mais célebres personagens das aventuras de Tintin.

A primeira presença "filatélica" de Hergé e da sua obra deu-se em 1957, com a inclusão de uma bússola estilizada, por ele desenhada, num bloco belga. O mesmo motivo seria repetido em 1966, num bloco dedicado à exploração polar.

Em 1984, Tintin ilustrava o primeiro selo da série "Philatelie pour la jeunesse", que desde então homenageia anualmente um herói belga da BD. Tintin e Hergé eram o motivo de um dos selos da emissão belga com os principais acontecimentos do século XX, em 1999, e, um ano depois, um fotograma do desenho animado "Tintin e o Templo do Sol" ilustrava um selo não oficial angolano. A Holanda, em 1999, dedicou um bloco com dois selos e desenhos nas margens a "Tintin na Lua", tendo a "Fête du Timbre", na França, em 2000, decorrido sob o signo de Tintin. No ano seguinte, na Bélgica, a última emissão em francos belgas, antes da passagem para o euro, composta por um selo e um bloco, reproduzia pormenores da capa original e actual do álbum "Tintin no Congo", numa emissão feita em conjunto com este país africano. Finalmente, em 2004, os 50 anos da passagem de Tintin pelo satélite terrestre ficaram assinalados num bloco belga.

F. Cleto e Pina in Jornal de Notícias

Publié dans merchandising

Commenter cet article

Breno 08/06/2007 12:44

Olá, amigo. Me chamo Breno, sou brasileiro e fã do Tintim. Gostaria de uma ajuda sua. Uma amiga minha está indo para a Bélgica esta semana e eu pedirei que ela me traga algumas lembranças do Tintim. Sabes onde existe na Bélgica alguma loja especializada onde ela possa encontrar as coisas? Se puderes me ajudar nisso com o endereço do local, fico muito grato.Abraço, Brenooutrobreno@gmail.com 

Zetantan 08/06/2007 15:30

Olá Podes ver o site http://tintin.francetv.fr/fr/boutique/boutiques.html Um abraço