Tintim visita Coimbra

Publié le par Zetantan

Antecipando as comemorações do centenário do nascimento de Hergé (Georges Rémi), que se assinala no próximo ano, a Biblioteca Municipal de Coimbra tem patente, até ao próximo dia 18 de Novembro, uma exposição dedicada ao autor belga e, sobretudo, à sua mais famosa criação, a banda desenhada Tintim.

Durante décadas, as personagens de Tintim fizeram as delícias de várias gerações, apaixonadas pelas aventuras do jovem repórter, sempre acompanhado pelo seu cão Milu e outras figuras carismáticas, que transformaram a obra de Hergé em exemplo ímpar no mundo da banda desenhada. E no rol dessas personagens também há lugar para portugueses. Um deles é um cientista da Universidade de Coimbra, o físico Pedro João dos Santos, que no álbum "A estrela misteriosa" tenta decifrar o mistério científico do "aerólito". Em "Tintim no Congo" surge outro português, um jornalista do "Diário de Lisboa" que chega a oferecer 500 contos (uma fortuna para a época) ao jovem repórter pelo relato da sua viagem ao Congo.

Outro português, Oliveira da Figueira, é um intrépido vendedor que atravessa vários álbuns de Tintim. Oliveira da Figueira merece mesmo honras na galeria dos incontornáveis personagens do mundo de Tintim, de que são figuras de proa o capitão Haddock, a dupla Dupont e Dupont e o professor Girassol.

A mostra de Coimbra é pequena, mas significativa, exibindo álbuns de Tintim em várias línguas, como o original francês, o árabe, o chinês, o holandês, o grego e o castelhano. Em português mostram-se mesmo exemplares históricos de várias publicações nacionais de banda desenhada, que incluem as aventuras de Tintim. A mais antiga, "O Papagaio", data de 1935, mas há outras como o "Cavaleiro Andante" (1952/62), "Zorro" (1962/66) e a revista "Tintim", publicada entre 1968 e 1982.

 Américo Sarmento in JN

Publié dans Eventos

Commenter cet article